Versão de Hugo Rodas para “Os Saltimbancos” entra em temporada no CCBB

0 37

Espetáculo é adaptado do texto de Chico Buarque e fica em cartaz de 11 de julho a 4 de agosto

Clássico do teatro brasileiro, o musical “Os Saltimbancos” entra em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, a partir de 11 de julho. A montagem, uma releitura do diretor Hugo Rodas para o texto de Chico Buarque terá sessões de quinta a domingo, até 4 de agosto, sempre às 16 horas. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do CCBB  ou pelo site eventim.com.br, a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia e clientes Banco do Brasil). O espetáculo é apresentado e patrocinado pelo Banco do Brasil.

O espetáculo faz parte da celebração de 80 anos do icônico Hugo Rodas, que atualmente dirige a ATA, Agrupação Teatral Amacaca, que completa 10 anos de estrada em 2019. Com receita que mistura elementos de teatro, dança, circo e música, o musical conta a história de um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata que decidem fugir de suas casas e se juntam para formar uma banda musical.

Nessa perspectiva, a montagem de teor atemporal trata de humanidades como união, fraternidade, empatia, sonhos e perseverança. Tudo isso, guiado por um fio condutor: o desejo de um mundo melhor e mais justo! No repertório preparado para a montagem, músicas como “ Bicharada”, “História de uma Gata”, “O Jumento”, “O Jumento”, “Um dia de cão” e “Guerreiros da Alegria : Hino da Amacaca”, esta composta pelo grupo ATA. 

A vontade de montar o texto, que faz parte do imaginário do público brasileiro, surge na esteira da celebração das oito décadas de Hugo Rodas e dos 42 anos da primeira montagem da peça pelo extinto Grupo Pitú, referência na história das Artes Cênicas de Brasília, entre os anos 70 e 80.

Orquestra de atores 

Definida como uma orquestra de atores regida pelo diretor uruguaio Hugo Rodas, a Agrupação Teatral Amacaca concentra-se na experimentação em dramaturgias do corpo e desenvolve seu trabalho no limiar do teatro-dança, linguagem que marca o trabalho do diretor. A linguagem experimental do grupo, desenvolvida desde 2009, é apresentada ao público com imagens poéticas, intenso trabalho corporal, coreografias, musicalidade, manifestos e narrativas.

No elenco da ATA estão os artistas Abaetê Queiroz, André Araújo, Camila Guerra, Dani Neri, Diana Porangas, Flávio Café, Gabriela Correa, Iano Fazio, Juliana Drummond, Luiz Felipe Ferreira, Nobu Kahi, Pedro Tupã e Rosanna Viegas.

Multiartista
Maestro da ATA, Hugo Rodas é radicado há 40 anos no Brasil e firmou-se como um dos mais talentosos e importantes artistas de seu tempo. Ator, diretor, bailarino, coreógrafo, cenógrafo, figurinista e professor de teatro, sua trajetória inclui experiências com Antônio Abujamra, no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), e com José Celso Martinez Corrêa, no Teatro Oficina, passando pelo Teatro Universitário Candango (TUCAN), nos anos 1990 e 2000, assim como pela Companhia dos Sonhos. Entre suas premiações estão o Prêmio do Serviço Nacional do Teatro (1977) de melhor espetáculo infantil para o antológico “Os Saltimbancos” e o Prêmio Shell (1997) pela direção do espetáculo Dorotéia, ao lado de Adriano e Fernando Guimarães.

SERVIÇO 
Os Saltimbancos, com direção de Hugo Rodas
Centro Cultural Banco do Brasil (Setor Clubes Esportivos Sul, Trecho 2, Lote 22)
De quinta a domingo, entre 11 de julho e 4 de agosto, sempre às 16 horas
Duração: 50 minutos
Classificação livre
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada e clientes do Banco do Brasil), à venda na bilheteria do CCBB e no site Eventim pelo link: http://bit.ly/2JeLuBf
Informações: (61) 3108-7600

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.