Tune Arquitetura dá dicas de arquitetura de interior para cadeirantes

Certas adaptações são cruciais para que o dia a dia das pessoas seja prático

0

Praticidade é a palavra-chave para os cadeirantes. Tendo em vista as dificuldades diárias no trabalho e nas ruas, nada melhor que, ao menos em casa, o conforto impere para eles. Sendo assim, as arquitetas da Tune Arquitetura, no Shopping ID, reuniram algumas dicas valiosas de arquitetura de interior para cadeirantes.

Cozinha: embaixo da pia, há a necessidade de ter um recorte na marcenaria, ou seja, não pode haver armário. Se houver algum fechamento, o ideal é que haja uma profundidade para o cadeirante conseguir lavar a louça. O cifão não pode ser central, pois, caso contrário, há grandes chances de o cadeirante bater a perna nele. A altura da bancada deve medir por volta de 75 a 80cm. As torneiras com mecanismo de abrir e fechar são melhores que as giratórias. O ideal é que o fogão seja um cooktop e que a geladeira tenha o freezer embaixo – para que o cadeirante consiga abrir a porta e fazer com que ela passe por cima do colo dele. O fogão e o microondas devem ficar, também, à uma altura acessível.

Área de serviço: a máquina de lavar roupas deve ter abertura frontal. Além disso, é bom que ela esteja elevada, para que, quando o cadeirante for abrir a porta, ela se abra em cima do colo dele.

Área íntima (quarto e banheiro): os armários ou os closets devem ser baixos (até 1.10m). A cama deve estar sempre com uma lateral livre. Tapetes e prateleiras devem ser evitados. Há ainda a necessidade de tomar cuidado com o desnível do quarto para o banheiro – que pode ser muito incômodo para o cadeirante. O ideal é que haja uma rampa. O piso deve ser homogêneo – sem rejunte. As sugestões são a junta seca ou o piso vinílico, por exemplo. A porta do box do banheiro não deve ser de correr e, sim, de abrir – e sempre sem o perfil embaixo. Além disso, barras de apoio para o vaso sanitário e para o Box são bem vindas. O nicho e a válvula do chuveiro devem ficar a uma altura de 60 a 90 cm. Para o vaso sanitário, o bom é instalar um assento mais elevado – para facilitar  na hora da transferência. O espelho também precisa estar a uma altura acessível – e inclinado. Por fim, como na cozinha, a pia não deve ter armários embaixo.

As arquitetas ainda sugerem que cada cadeirante deva fazer um estudo específico para cada cadeirante sobre suas medidas básicas porque, apesar de haver um padrão, as alturas e profundidades podem e devem ser modificadas para cada portador.

Serviço:
Dicas de arquitetura de interior para cadeirantes
Local: Shopping ID – Endereço: Setor Comercial Norte 06 Conjunto A Edifício Venâncio
Data: 15 de setembro até 08 de outubro
Horário de funcionamento do shopping: segunda a sábado de 10h às 22h e domingo de 13h às 19h
www.shoppingid.com.br
Facebook: Id Shopping
Blog: shoppingid.com.br/blog
Twitter: @id_shopping
Instagram: shoppingidbsb

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.