Reserva apresenta ao público brasiliense seu novo conceito de loja

1 130

Reserva, a praia preferida de Rony Meisler, Fernando Sigal e sua turma, carrega o peso de nomear uma das marcas brasileiras de maior alcance ao público que se destina. Num lifestyle com pretensões de despretensioso, a marca segue um modelo bem à risca e não desalinha um milimetro do programado. Rony Meisler, Presidente, ou “Sorridente”, como prefere ser chamado, é desses jovens empreendedores que cativam o interlocutor logo no primeiro contato. Com jeitão de bom moço e senso de humor afiado, Meisler é o responsável pelo sucesso midiático do Grupo Reserva. No mundinho da moda, a marca detém o título de primeira brasileira com dois milhões de curtidas no Facebook e corrobora que “além de uma marca de roupas, a Reserva é uma empresa de comunicação”.

 

????????

 

Com 27 lojas próprias em importantes cidades do país e depois de três anos de operação em Brasília, com lojas no ParkShopping e no Iguatemi, a marca resolveu inovar no layout e escolheu a loja do ParkShopping para sediar a mudança. Numa mistura de retrô e contemporâneo, com provadores imitando elevadores antigos, luminárias exclusivas e alguns tablets instalados pelo ambiente, a intenção é firmar essa aura de amadurecimento e sofisticação, sem deixar de lado a irreverência e atitude da marca. Um exemplo dessa irreverência é a camiseta-homenagem estampada com as gírias “Véi & Top & Massa & Cabuloso” que foi dada a alguns clientes VIP’s de Brasília.

 

DSC_2766

 

DSC_2755

 

DSC_2787

 

DSC_2772

 

????????

 

????????

 

????????

 

????????

 

DSC_2768

 

DSC_2750

 

DSC_2796

 

?????????????????????????

 

Com nomes de peso na sociedade do Grupo; com recorde de fãs pelo Brasil; abertura de negócios em searas distintas como a gastronomia – com o estrelado Chef Claude Troisgros -; parcerias com Luciano Huck – um dos sócios do grupo -, Regina Casé, Afroreggae, família do humorista Mussum, com o colégio DeAaZ; com massivo apelo nas redes sociais e produção de mais de 1,5 milhão de peças por ano, definitivamente, a marca do pica-pau não está para brincadeiras.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.