PEPSI retorna ao Rock in Rio e incentiva momentos épicos

0

Trinta anos após sua participação na primeira edição do Rock in Rio em 1985, a PEPSI retorna à Cidade do Rock em um movimento que confirma a estratégia da marca de solidificar-se no terreno da música, principal plataforma de atuação tanto no Brasil quanto no exterior.  Com foco total no consumidor, todas as ativações de Pepsi no evento foram pensadas para inspirar a criação de memórias inesquecíveis, e o conceito do “épico” permeia toda a comunicação da marca, que tem início antes mesmo do evento e vai se estender para além de seu término.

 

_P1_0504

 

De acordo com Daniel Silber, gerente de Music Platform para PEPSI® Brasil, a intenção é transformar e potencializar a experiência do consumidor, quando ele entra em contato com a música: “Sabemos que esta é uma forma poderosa de nos relacionarmos com nosso público final, e o nosso diferencial está em instigar o lado mais impulsivo e não convencional dessa relação, para que os momentos épicos possam, de fato, se multiplicar”, afirma Silber. “Somos uma marca ousada, que pensa e faz diferente das outras, e os nossos consumidores enxergam esses atributos de forma cada vez mais clara”, ressalta o executivo.

 

RR_Pepsi_18-8449

 

As latas comemorativas de refrigerante para o Rock in Rio deram o start em toda a estratégia da marca para o evento. Nelas, foram estampadas 30 frases que ilustram desejos e situações comuns de quem costuma frequentar grandes shows de música, como “Dormir vários dias seguidos na porta do festival só pra ‘colar na grade’ do show”, ou “Terminar o show de roupa suja e alma lavada”. A partir destas inspirações, a marca promoveu diversas ações nas redes sociais – entre elas uma ação especial com foco nos fã clubes das principais atrações do Rock in Rio. A marca disponibilizou esses grupos em uma série de desafios que os ajudou a realizar o sonho de assistir aos shows de seus ídolos no  festival.

 

_P1_9911

 

 

Já na Cidade do Rock, a Pepsi maravilhou seus convidados e consumidores com ativações grandiosas e surpreendentes. Para os convidados, a marca preparou um camarote que foi o metro quadrado mais inusitado do festival. O Epic Lounge, com projeto assinado por Wado Gonçalves e cenografia inspirada nas luzes e cores de Las Vegas, recebeu 1.400 convidados durante os sete dias de evento, com serviços exclusivos de catering e bar – além de atrações próprias, como DJ que discotecou nos intervalos dos shows do Palco Mundo. A ativação foi produzida pela Gael.

 

_P1_0166

 

Os consumidores soltaram a voz e sentiram-se como verdadeiros rock stars no Epic Stage, que levou um palco de karaokê com banda ao vivo para a Cidade do Rock. Outra iniciativa da marca para o festival foi o Epic Group, trupe de 12 artistas entre bailarinos, malabaristas, contorcionistas e pernas-de-pau, com visuais inspirados nos tradicionais ícones da cultura rock n’ roll “Eles funcionaram como os catalisadores dos momentos épicos, encorajando os consumidores a fazerem coisas diferentes e sensacionais”, comenta Silber.

 

_P1_0121

do que você quer se lembrar nos próximos 30 anos?

 

_P1_0483

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.