Mostra de Cinema Europeu 2019: filmes revelam planeta em transição

0 51

Com o tema “Olhares para o futuro”, Mostra apresenta, de 10 a 19 de maio, 14 produções de países da União Europeia no Cine Brasília. Entrada é gratuita.

O Cine Brasília recebe entre 10 e 19 de maio a Mostra do Cinema Europeu 2019, evento que integra a XV Semana da Europa. A seleção traz 14 filmes de 15 países da União Europeia voltados para a temática “futuro”. Todas as sessões têm entrada franca.

As obras captam um planeta em transe, seja pelos visíveis efeitos da crise ambiental ou pelas soluções tecnológicas que permeiam as relações sociais e afetivas. Na noite de abertura, o público contou com sessão dupla, que começou com o premiado curta croata O último poço (Filip Filković). A trama se passa em 2037, quando a Croácia abriga a última fonte de água natural de uma Europa devastada.

Na sequência, o documentário francês O que estamos esperando? (Marie-Monique Robin) mostrou que esse cenário catastrófico ainda pode ser evitado. O longa revela como uma pequena comunidade da região da Alsácia – com cerca de 2 mil habitantes – trabalha coletivamente para reduzir seu impacto ambiental e preparar-se para a era pós-petróleo.

O futuro das cidades também é tema das produções da Alemanha e da Suécia. A construção do futuro – 100 anos da Bauhaus (Niels Bolbrinker e Thomas Tielsch) revisita a história dessa importante escola de arte e arquitetura alemã para repensar, a partir daí, a ocupação territorial urbana no presente e nas próximas décadas. Já o sueco Bikes versus Carros (Fredrik Gertten) registra os avanços e desafios de movimentos ao redor do mundo que atuam pelo direito de transitar pelas cidades de bicicleta com estrutura e segurança.

A forma como a tecnologia molda o futuro é o ponto de partida das produções Inimigo confidencial (República Tcheca e Eslováquia), do diretor Karel Janák; e de App, longa dos Países Baixos dirigido por Bobby Boermans. As transformações no mundo do trabalho e o surgimento de negócios disruptivos também estão presentes na Mostra por meio de obras como o drama português A fábrica de nada (Pedro Pinho) e o italiano The Startup – Dá play no seu futuro (Alessandro D’Alatri).

A seleção traz ainda filmes recentes da produção audiovisual europeia como Ivan (Eslovênia); Amanhecer em Kimmeria (Chipre); Os exilados românticos (Espanha); Liza, a fada raposa (Hungria); O galho de prata (Irlanda) e Darling (Dinamarca), que encerra a Mostra de Cinema Europeu no dia 19 de maio.

Semana da Europa – A Mostra de Cinema Europeu é um dos tradicionais eventos da Semana da Europa, que chega em 2019 à sua 15ª edição. De Brasília, o festival segue para outras dez capitais brasileiras: Curitiba, Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Manaus, Florianópolis, Goiânia, Salvador, Porto Alegre e Recife.

Em Brasília, essa grande celebração da cultura europeia conta ainda com o Concerto Clássico Europeu (14) que encerra as atividades na capital federal.

A Semana da Europa é promovida pela EUNIC Brasília (Associação dos Institutos Culturais, Embaixadas e Consulados de Países Membros da União Europeia) e pela Delegação da União Europeia no Brasil. A programação completa está disponível no site: semanadaeuropa.org.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.