Instituto Chamaeleon dá dicas de como diferenciar abuso, exploração e carinho

Outubro é o mês das crianças e, por isso, conscientização redobra.

0 69

Instituto Chamaeleon dá dicas de como diferenciar abuso, exploração e carinho. A cada 15 minutos, uma criança é abusada no mundo. A cada oito minutos, uma criança é abusada no Brasil. Segundo Beatriz Schwab, presidente do Instituto Chamaeleon – que cuida de crianças vítimas de abusos sexuais -, a maioria dos abusadores foi abusado quando menores. Para diferenciar abuso, exploração e carinho, segue breve explicação:

ABUSO

O abuso é qualquer ato de natureza ou conotação sexual em que adultos submetem menores de idade a situações de estimulação ou satisfação sexual, imposto pela força física, pela ameaça ou pela sedução. O agressor costuma ser um membro da família ou conhecido.

EXPLORAÇÃO

Já a exploração pressupõe uma relação de mercantilização, onde o sexo é fruto de uma troca, seja ela financeira, de favores ou presentes. A exploração sexual pode se relacionar a redes criminosas mais complexas e podendo envolver um aliciador, que lucra intermediando a relação da criança ou do adolescente com o cliente.

CARINHO

O carinho é consensual. Trata-se de ações abrangentes e simbólicas, que podem ou não envolver contato físico. Mensagens, atenção e delicadeza consistem nas bases para o carinho. Se a criança aceita esse tipo de linguagem, não há problema. Mas, a partir do momento em que ela nega qualquer tipo de manifestação, já se pode considerar como uma agressão ou abuso.

Instituto Chamaeleon. O nome, em homenagem à constelação Chamaeleon, surgiu do depoimento de uma criança que disse: “vocês foram a estrela que guiou minha vida.” Inicialmente, o instituto era uma ONG, com a proposta de oferecer apoio psicoterápico a crianças e a adolescentes vítimas de abuso sexual. Em 2008, tornou-se Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). Seu diferencial é o fato de ser gerido por profissionais de saúde e por profissionais voluntários na área de educação, das artes e do direito.

O objetivo do Chamaeleon é o de ressignificar a vida dessas pessoas, resgatando-lhes a identidade, além de acolhê-los, confortá-los e dar-lhes um futuro mais significativo. O tratamento do instituto inicia pela essência da criança– negligenciada pela maioria das pessoas. Em outubro, mês das crianças, o apoio e o cuidado com os pequenos deve ser ainda maior. É um tempo de observação dos comportamentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.