Galeteria Beira Lago apresenta seu charmoso e animado happy hour

0 108

Como sabiamente diz João Miranda, um dos proprietários da Galeteria Beira Lago, “todas as grandes decisões do mundo foram feitas em volta de uma mesa”, nada mais justo que esse momento seja aproveitado de todas as formas possíveis. Desde 2007, no Setor de Clubes Sul, bem ao lado do shopping Píer 21, a casa conquistou clientes fiéis nas mais diversas searas: políticos em suas reuniões, empresários durante tomadas de decisões, diplomatas ávidos por conhecer um pouco dessa gastronomia sulista, herdada das colônias italianas do Rio Grande do Sul e os próprios sulistas que chegavam para matar a saudade da típica culinária dos ancestrais.

Fotos de Felipe Menezes

IMG-20150210-WA0037

 

Além desse público já cativo, casais apaixonados foram se somando aos fãs da Galeteria, esses casais começaram trazer toda a família para o almoço de domingo e agora os encantados são os colegas de trabalho, que descobriram a maravilha que é passar o happy hour, bem naquele horário que o trânsito impossibilita a volta para casa, ouvindo música “das antigas” num canal e o outro ligado nas notícias.

 

Galeteria Beira Lago_Foto_Felipe Menezes_4

 

Em pleno vapor às 19h, o happy hour da Galeteria tem atraído os mais diversos públicos, que se acomodam num dos cinco ambientes que a casa oferece e seguem até perto da meia noite ou “até o último cliente ir embora”, ressalta Miranda. Do alto de seus 60 anos e com a tarimba de quem comandou mais de 18 casas em Brasília, o empresário é um apaixonado pela noite, mantenedor de tradições e, paradoxalmente, ávido por novidades, daqueles que maquinam durante horas para melhor servir o cliente, com extremo cuidado nos mínimos detalhes “desde a maneira de cumprimentar os clientes, passando pelo sabor dos pratos, a bebida sempre bem gelada, o ar condicionado ligado e o trato descontraído com os colegas de trabalho”, forma que Miranda trata os mais de 60 funcionários com quem divide o salão.

 

O carro chefe é o tradicional rodízio de galeto, servido no almoço e já voltando à cena no happy hour, seguindo pelo jantar. É acompanhado de salada verde, salada de maionese, polenta frita, massa caseira, farofa, arroz e o molho de ervas. Além do galeto, o restaurante também serve picanha à la carte (2 fatias – R$ 59,90); e a picanha à la carte completa (R$ 74,90), com farofa de ovos, batata frita, arroz e salada verde. Destaque para a salada de maionese e a polenta frita, que levam o comensal direto aos típicos domingos em família na casa dos avós italianos lá do RS.

 

Galeto_Foto_Felipe Menezes_4

 

Para o jantar, a Galeteria também oferece diversas opções de pratos com filé, peixe e frango. Destaque para o Filé de Surubim (R$ 76) acompanha farofa de ovos, arroz, maionese e salada verde; Escondidinhos de bacalhau (R$ 41), frango (R$ 35) e carne seca (R$ 39); Filé ao molho de catupiry (R$ 38) ou ao molho madeira (R$ 32); e Bacalhau Desfiado (R$ 46), com batata cozida, ovos, azeitona e ervas finas.

 

Picanha_Foto_Felipe Menezes_2

 

A Galeteria também oferece petiscos, uma ótima pedida para acompanhar um chopp no happy hour. Os pastéis fazem sucesso com os clientes, entre os mais pedidos estão o pastel de frango com catupiry (10 unidades – R$ 16); de carne seca catupiry (10 unidades – R$ 16); pastel carioca (10 unidades – R$ 16), com carne moída, ovo cozido, azeitona e cheiro verde. O restaurante também serve o tradicional queijo coalho assado (2 espetos – R$ 13).

 

O espaço ainda possui no cardápio chopps, cervejas, licores, cachaças, whiskys, entre outras bebidas e aperitivos. Além de possuir uma carta de vinhos de diversas nacionalidades, o estabelecimento também serve taça de vinho (R$ 12), jarra (500ml – R$ 15,90 ou 1L – R$ 19,90). Uma ótima opção no calor são os drinks: caipirinha (R$ 13), caipiroska nacional (R$ 13,50), caipiroska nacional (R$ 17) e coquetel de frutas com ou sem álcool (R$ 14,50).

 

E se você tirar a sorte grande, vai encontrar o Miranda (nem ouse tratá-lo com rapapés e salamaleques) e ouvir algumas das suas deliciosas histórias durante uma conversa qualquer. Para um rapaz que saiu do Ceará, morou no Rio de Janeiro e em 1974 veio para Brasília, apaixonou-se pela esposa, criou dois filhos, teve vários restaurantes e mantém os diversos amigos que conquistou por onde passou, alguém duvida que ele têm os causos mais interessantes da cidade?

 

Serviço:
Galeteria Beira Lago
SCES Trecho 2, Conjunto 32/33 – Clube Ases (Ao lado do Pier 21)
Horário de Funcionamento: De segunda a sábado, das 11h30 às 23h30. Domingo e feriados, das 11h30 às 17h.
Contato: (61) 3223-7700 ou 3226-1448
Serviço gratuito de manobrista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.