Caixa Cultural recebe mestre da música japonesa Kaoru Kakizakai

Kaoru Kakizakai mostra a sonoridade zen da música japonesa

0

Shakuhachi é uma flauta de bambu que possui bocal, um corpo de bambu e cinco orifícios. O primeiro instrumento a aparecer no Japão foi em meados do século VIII e um presente dos chineses. Desenvolvido principalmente pelos monges Komusō, que tinham relação com zen budismo, o instrumento tornou-se um dos símbolos da música japonesa. Em 14 de novembro (quarta), às 20h, o público de Brasília terá a rara oportunidade de assistir a um dos grandes mestres do instrumento da atualidade: Kaoru Kakizakai, que vem do Japão especialmente para se apresentar na Série Solo Música na Caixa Cultural.

É uma grande honra contar com Kaoru Kakizakai na Série Solo Música. Discípulo do lendário mestre Katsuya Yokoyama, ele é uma referência mundial do instrumento”, diz Alvaro Collaço, curador e produtor que há anos imaginava produzir música japonesa dentro desse projeto. “Kakizakai não é só grande artista, mas um representante da música tradicional japonesa, do que ela possui de melhor, com sua relação direta com a espiritualidade”, enfatiza Collaço.

Natural de Chichibu, na Província de Saitama, no Japão, Kaoru Kakizakai apresenta-se ao instrumento dentro da tradição do Honkyoku, que tem suas origens no zen budismo. Ele iniciou em música tocando kena e com 21 anos de idade começou seus estudos de shakuhachi com Keizo Saito, que reconheceu sua habilidade natural para o instrumento e o recomendou a estudar com o lendário mestre Katsuya Yokoyama.

Graduado pelo Conservatório Tradicional de Música NHK, Kakizakai venceu o importante concurso Kumamoto All Japan Hogaku. Gravou seis CDS como solista e tornou-se popular como mestre da Kokusai Shakuhachi Kenshukan, em Tóquio. Participa constantemente de festivais de shakuhachi em Seattle, Boulder e Denver, nos Estados Unidos e na Austrália.

Kakizakai tem apresentado com orquestras a obra “November steps”, de Toru Takemitsu, estreada pelo mestre Yokohama em 1967. Atuou como solista na Orquestra Sinfônica NHK, sob regência de Charles Dutoit e Hiroyuki Iwaki, e na Filarmônica de São Petersburgo, sob direção de Akira Naito. Ele também se apresentou em duo com a pianista Maria João Pires e gravou a obra “Homenaje a Martha Graham”, de Ramon Humet, com participações de Claron McFadden e Alberto Rosado.

Kakizakai realiza com frequência apresentações pelos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Paralelamente, é pesquisador do Tokyo College of Music, instrutor em tempo integral do International Shakuhachi Kenshukan e NHK Culture Center, e presidente da Escola Internacional Shakuhachi Kenshu-kan Chichibu e Higashi Yamato School. Kakizakai teve como alunos instrumentistas importantes de shakuhachi do ocidente, como Alcvin Ryuzen Ramos, Bronwyn Kirkpatrick, Carl Rathus, Horácio Curti, Peter Hill, Rodrigo Rodriguez, Shawn Renzoh Head e o brasileiro Matheus Ferreira.

Você pode conferir o trabalho de diretamente em seu sitehttp://www.kakizakai.com/10minRoBlow2.4.mp3

Serviço:
Música: Série Solo Música – Kaoru Kakizakai
Local: CAIXA Cultural Brasília (SBS, quadra 4, lotes 3/4 – Edifício anexo à Matriz da Caixa)
Data: 14 de novembro, quarta-feira
Horário: 20h
Informações: (61) 3206-6456
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos).
Bilheteria: Aberta das 9h às 20h do dia 10 de novembro (sábado), das 12h às 20h no dia 11, 13 e 14 de novembro.
Duração: 80 minutos
Classificação: livre
Capacidade: 406 lugares
Acesso para pessoas com deficiência (se for o caso)
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.