CAIXA Cultural Brasília apresenta mostra New Queer Cinema

0 542

CAIXA Cultural Brasília apresenta, de 13 a 21 de julho, a mostra New Queer Cinema – Segunda Onda, que busca discutir padrões estéticos, políticos e sexuais em produções cinematográficas na segunda metade da década de 1990. Para dar suporte a essa discussão, foi agendado para o dia 20 de julho, o debate Novas Configurações do Gênero no Cinema.

 

8ZGwLcYh8ZjB10o5YQwmdyndWZw

 

O termo Queer, é utilizado no cinema para definir produções relevantes na representatividade LGBTI, marcadas pela abordagem de identidade de gênero e relacionamentos entre personagens gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros de países e culturas diferentes.

 

A programação da mostra New Queer Cinema – Segunda Onda, investe em filmes conhecidos, como “Kids” (1995), “Quero ser John Malkovich” (1999), “Meninos Não Choram” (1999) e “Madame Satã” (2002), e também em obras obscuras, mas igualmente talentosas, a exemplo de “O Pântano” (2001), “Mal dos Trópicos” (2004) e “Tabu” (1999).

 

Foto_Madame_Sata_Divulgacao

 

No dia 20 de julho, após a exibição de “Meninos Não Choram”, os aspectos da segunda onda do New Queer e o legado do movimento na indústria cinematográfica serão debatidos no painel Novas Configurações do Gênero no Cinema, formado por curadores da mostra e pela pesquisadora Tania Montoro.

 

Programação:

13 de julho (quarta-feira)
19h – Coquetel
20h30 – Aimée & Jaguar / Aimée & Jaguar, de Max Färberböck. ALE, 1999, 125min, 16 anos

14 de julho (quinta-feira)
17h – Vida sem destino / Gummo, de Harmony Korine. EUA, 1997, 89min, 18 anos
19h – Kids, de Larry Clark. EUA, 1995, 91min, 18 anos
21h – Hustler white, de Bruce LaBruce. ALE/CAN, 1996, 79min, 18 anos

15 de julho (sexta-feira)
17h – O pântano / La ciénaga, de Lucrecia Martel. ARG/FRA/ESP/JAP,  2001, 103min, 14 anos
19h – Sitcom, de François Ozon. FRA, 1998, 85min, 16 anos
21h – Tabu / Gohatto, de Nagisa Oshima. JAP, 1999, 100min, 18 anos

 

16 de julho (sábado)
14h30 – Quero ser John Malkovich / Being John Malkovich, de Spike Jonze. EUA, 1999, 112min, 18 anos
16h45 – Mal dos trópicos / Sud pralad, de Apichatpong Weerasethakul.  TAI/FRA, 2004, 118min, 12 anos
19h – Madame Satã, de Karim Aïnouz. BRA/FRA,  2002, 105min, 18 anos

 

17 de julho (domingo)
15h – Tabu / Gohatto, de Nagisa Oshima. JAP, 1999, 100min, 18 anos
17h – Hustler white, de Bruce LaBruce. ALE/CAN, 1996, 79min, 18 anos
18h50 – Aimée & Jaguar / Aimée & Jaguar, de Max Färberböck. ALE, 1999, 125min, 16 anos

 

18 de julho (segunda-feira)
16h40 – Rosas selvagens / Les roseaux sauvages, de André Téchiné. FRA, 1994, 110min, 14 anos
18h45 – Vive l’amour / Ai qing wan sui, de Tsai Ming Liang. TWN, 1994, 118min, 16 anos
21h – Meninos não choram / Boys don’t cry, de Kimberly Pierce. EUA, 1999, 118min, 18 anos

 

19 de julho (terça-feira)
17h – Vida sem destino / Gummo, de Harmony Korine. EUA, 1997, 89min, 18 anos
19h – Lola + Bilidikid / Lola and Billy the Kid, de Kutluğ Ataman. ALE, 1999, 93min, 18 anos
21h – Mal dos trópicos / Sud pralad, de Apichatpong Weerasethakul.  TAI/FRA, 2004, 118min, 12 anos

 

20 de julho (quarta-feira)
16h45 – Meninos não choram / Boys don’t cry, de Kimberly Pierce. EUA, 1999, 118min, 18 anos
19h30 – DEBATE: Novas Configurações do Gênero no Cinema. Com Tania Montoro (pesquisadora) e Denílson Lopes (pesquisador e curador da mostra). Mediação por Mateus Nagime (pesquisador e curador da mostra). Entrada Gratuita. Livre.

 

21 de julho (quinta-feira)
17h – Elefante / Elephant, de Gus Van Sant. EUA, 2003, 81min, 16 anos
19h – Rosas selvagens / Les roseaux sauvages, de André Téchiné. FRA, 1994, 110min, 14 anos
21h10 – Lola + Bilidikid / Lola and Billy the Kid, de Kutluğ Ataman. ALE, 1999, 93min, 18 anos

 

being-john-malkovich

 

Serviço:
Mostra New Queer Cinema – Segunda Onda
Local: Teatro da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Dias: 13 a 21 de julho de 2016
Ingressos: à venda a partir de 9 de julho | R$ 4 e R$ 2 (meia) 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.